Após um terremoto na China em 2013, uma imagem do fotógrafo Rooney Chen da agência Reuters me chamou bastante a atenção: um homem anda por cima dos escombros do que era a sua casa carregando um único objeto resgatado: uma foto do seu casamento. Essa imagem foi tão impactante pra mim por se tratar de um perfeito exemplo de como pode ser importante o trabalho que escolhi.

 

Quando penso em fotografia de casamento tenho em mente duas palavras: Responsabilidade  e Privilégio.

 

Fotografo casamentos desde 2008 e sempre levo comigo o peso enorme da responsabildade de registrar esse dia tão importante para duas pessoas, seus familiares e amigos. Entendo que um álbum de casamento é um documento familiar, algo que vai ser visto e revisto por anos e anos e gerações de uma família. É um momento único e cabe a mim eternizar da melhor maneira possível todas as emoções vividas. Pense bem: é muita Responsabilidade.

 

Ao mesmo tempo, poucas são as profissões que proporcionam o que a Fotografia de Casamento faz: trabalho sempre cercado pela felicidade e expressões do amor. Sorrisos, abraços, beijos, lágrimas de emoção são a minha matéria-prima. É ou não é um Privilégio?

 

Portanto é preciso pensar em tudo isso ao contratar um fotógrafo de casamento. Da minha parte, serei imensamente grato por ter o privilégio de registrar seu grande dia e levando sempre comigo a responsabilidade de fazê-lo.

 

Grande abraço

 

Thiago Mamede